Blog da Panela

Seja bem-vindo ao nosso blog!

Alimentação Natural: Preciso fazer a transição?

Pensando em trocar para a alimentação natural (AN)? Se a resposta é sim, você precisa saber como fazer isso da melhor maneira possível.Continue lendo

Como brincar e exercitar meu pet durante a pandemia?

Pesquisamos pra você uma série de atividades e dividimos em para quem não tem pátio e para quem pode desfrutar do ar livre durante este período de reclusão.Continue lendo

É possível deixar a ração mais gostosa de forma saudável?

Você sabia que é possível deixar a ração mais atraente para o seu pet sem recorrer aos sachês? Assista ao vídeo da Dra. Fabíola Monteiro e descubra como!Continue lendo

Conheça o Bento

O “menino” de 14 anos que deu origem a Panela do Pet.Continue lendo

Terapias complementares ganham o mundo pet

Métodos buscam o bem-estar emocional e físico dos pacientes e também podem ser aplicadas nos animais.Continue lendo

Socializar é preciso!

A socialização é uma das chaves para se ter um cão equilibrado e feliz!Continue lendo

Vegetais contra o câncer

A simples inclusão de vegetais de coloração alaranjada foi o bastante para reduzir em 70% por cento o risco de câncer de bexiga.Continue lendo

Como manter os dentes saudáveis

Hoje vamos conversar sobre o tema mais recorrente nas minhas consultas nutricionais: dentes. Em 80% dos atendimentos os tutores questionam sobre o acúmulo de alimentos nos dentes pois “a ração tradicional é dura e limpa os dentes” ou “sempre ouvi dizer que alimentação natural deixa resíduos”. Bom, vamos aos fatos.Continue lendo

Meu cachorro não quer comer! O que eu faço?

Ao contrário dos humanos, os cães não precisam variar o cardápio, desde que comam um alimento completo e balanceado. A inclusão deste hábito na rotina deles pode ser bastante prejudicial à saúde.Continue lendo

Quem faz a Panela do Pet?

Depois de toda a correria com a majestade Bento, o rei da casa, era hora de estruturar a empresa. E, para montar a família Panela do Pet, nada melhor do que usar os membros da própria família. Eu, esposo e irmã iniciamos estudos sobre as burocracias, formulações, formas de fazer, enfim, tudo sempre pensando “como se fosse para o Bento”.Continue lendo